domingo, 6 de agosto de 2017

Uma análise minuciosa de uma mulher usando calças

Em outros artigos já comentamos sobre como a calça masculiniza a mulher, e também a torna inconveniente, imprópria ao sexo feminino. Vamos ressaltar mais uma vez, como já foi dito em vários outros artigos o que o Cardeal Siri diz a respeito do uso de calças pelas mulheres. Apenas um dos problemas além da masculinização da mulher e da mudança de sua psicologia são os movimentos, atitudes e comportamentos inapropriados para uma dama, que acabamos por fazer devido à vestimenta que estamos usando. Assim o Cardeal diz:
“Desde que o ser humano existe, a roupa que uma pessoa usa modifica seus gestos, atitudes e o comportamento, a tal ponto que só pelo fato de se usar uma determinada roupa, o vestir chega a impor um estado de ânimo especial em seu interior”. (Cardeal Siri).
Essa visão nos relata também a bíblia: “A Veste do corpo, o riso dos dentes e o andar do homem, dão a conhecer o que ele é”. Eclesiástico XIX, 27

Essa mudança da psicologia vai muito além do que está escrito aqui neste artigo. É preciso aprofundar-no no assunto para entender como isso afeta e atinge a sociedade e a própria mulher que usa roupa de homem, entretanto apenas um dos problemas é o comportamento da mulher inapropriado para sua condição. A mulher é feminina, delicada, deve ser uma donzela. Essa delicadeza e feminilidade é algo bom e foi querido por Deus, por isso é preciso cultiva-la. O que não é possível fazer usando calças. 

Para quem ainda não compreendeu onde queremos chegar, vamos a uma análise prática da situação. É muito fácil olhar umas fotos de mulher usando calças em pé, e dizer "veja ela não tá imodesta", agora se essa mesma mulher estivesse em nossa frente, e não na tela do computador, a cena muda de figura. Porque nós não somos uma espécie de robô, imóvel, nós andamos, sentamos, nos abaixamos, pegamos objetos no chão, encostamos, levantamos etc. E tudo isso deve ser levado em conta para ver se uma roupa é de fato modesta. Esse é um dos grandes problemas dos falsos apostolados de modéstia, que levam as pessoas a uma pouca reflexão acerca do assunto. Portanto analisaremos dois importantes conceitos nas vestimentas abaixo: 

1 - A Modéstia;
2 - A Feminilidade.

Exemplos Práticos: Primeiro Look:


Vamos começar analisando fotos de mulheres usando calças folgadas, veja essa imagem abaixo: 

a) A calça é folgada; b) Ela usa um casaco comprido cobrindo o quadril. 
1 - Mesmo a calça sendo folgada, existe uma costura na região genital da mulher e nos glúteos que contornam a região e permitem que as partes impudicas da mulher fiquem a mostra com os movimentos do dia a dia, por exemplo, quando senta-se no chão. Imagina se tivesse um homem logo a frente dela a visão que teria embaixo das pernas. É modesta? Não! Quando ela senta, o casaco que era comprido perde totalmente seu efeito que era "cobrir o quadril" para que nada fique revelado. O mesmo se daria se ela fizesse qualquer posição diferente: sentar e cruzar as pernas, abaixar para pegar algo do chão, etc.

2 - Não é roupa de mulher. Está masculinizada. Portanto não constitui exemplo de modéstia.

Segundo Look:


a) Calça folgada; b) Blusa um pouco comprida, em pé a blusa cobriria o quadril.
1 - A folga da blusa fica totalmente inutilizada quando a mulher faz essa posição, e ficaria igualmente inutilizada se a mulher se abaixasse para pegar algo no chão, sentasse no chão, dentre outros movimentos. Veja a linha contornada exatamente na região genital da mulher, toda calça faz isso, mesmo sendo folgada! É modesta? Não! 

2 - O Look é feminino? Não! Está usando roupas adequadas ao sexo masculino. 

Terceiro Look:


Agora vamos analisar alguns movimentos que fazemos durante o dia, por exemplo: abaixar usando uma calça folgada, veja o que ocorre:

a) A calça é folgada; b) Existe uma blusa comprida cobrindo o quadril.

Quarto Look:


Os falsos apostolados de modéstia dizem que a mulher pode usar legging, mas usando uma blusa comprida por cima. (Elas dizem comprida, mas esse "comprida" se você for olhar os exemplos citados por elas, cobre só o cós da calça e olha lá!). Mas digamos que seja de fato algo que cobre o quadril, o mesmo ocorre com os exemplos acima. E é pior ainda, porque a legging é igual uma meia calça. Veja:

a) Blusa comprida; b) Se ela estivesse em pé pareceria um vestido curto;

Modéstia e Feminilidade 


Algumas pessoas irão dizer: "mas o mesmo ocorreria com alguns tipos de saias". É verdade! Qualquer saia acima dos joelhos revelaria até mais que uma calça, entretanto o que nosso apostolado de modéstia ensina é que devemos utilizar saias modestas, abaixo dos joelhos, e as regras nos orientam que tenha de 10 a 20 cm ao menos abaixo dos joelhos. Uma saia verdadeiramente modesta jamais revelaria nenhuma parte do corpo da mulher nos movimentos do dia a dia. Por isso a importância de seguir algumas regrinhas no vestuário, que não foram tiradas da nossa mente, mas aconselhadas por alguns santos, sacerdotes, papas e cardeais. Na realidade esse argumento de que "saias curtas revelariam também" é o que os falsos apostolados de modéstia dizem, entretanto na nossa página não divulgamos saias curtas, já na delas sim! Veja que elas usam saias acima dos joelhos mostrando as coxas, e obviamente estas saias revelariam o corpo da mulher. Estão a criticar as próprias saias que elas vestem. Veja agora nos exemplos abaixo o tamanho da diferença quando usamos uma roupa de mulher, quando nos vestimos de forma adequada. Analise: 

Primeiro Look:

a) Saia modesta. b) Blusa modesta. c) Visual feminino.



a) Ela usa roupa de mulher, uma saia midi e com folga de tecido. Mesmo sentada e com uma perna levantada não revela nada do corpo da mulher. Sim! Visual aprovado! Está modesta!


b) Está feminina? Quer mesmo que eu responda se está? Óbvio que sim! Está feminina, bonita, elegante como deve ser uma verdadeira mulher católica.








Segundo Look: 


a) Seguidoras! Esses visuais estão tão fantásticos que eu acho que nem preciso comentar nada não é mesmo! Não é possível que uma pessoa honesta consigo mesma não consiga ver o tamanho da diferença nestas roupas para as primeiras acima. Veja essa lindíssima saia, bonita, com folga de tecido, modesta e feminina. Agora imagina se esta moça estivesse com uma Legging + blusa cobrindo o quadril exatamente nesta posição. Imaginou? A blusa "comprida" que geralmente são acima dos joelhos, fica completamente inutilizada com esta posição da moça na foto, devido às escadas e ela estar sentada mostraria totalmente suas regiões impudicas, o mesmo se daria com uma calça socada, destas incentivadas nos falsos apostolados de modéstia, e uma bermuda então? Preciso comentar? 




A Masculinização da mulher na sociedade de hoje, vamos comparar? 


Quando uma mulher usa calças, ela não fica precavida de certos movimentos. Por exemplo, quando estamos usando saias e vamos sentar, fazemos isso com certa delicadeza, cuidado, pernas fechadas, bem próximas, certo cuidado quando vamos levantar etc. E tudo isso é totalmente inutilizado quando se usa uma calça, a mulher muda tanto a sua maneira de pensar e de agir que nem se importa mais com isso, senta de qualquer maneira, fica co pernas abertas, levantadas (reparem isso nos falsos apostolados de modéstia, elas mesmas postam esse tipo de foto inapropriada). A postura da mulher muda, fica mais solta, desleixada, nada modesto! Por isso e outras razões (tão mais importantes que essa) o Cardeal Siri afirma que é um dos problemas no uso de calças pelas mulheres. Fizemos um quadro para comparação, veja:


FONTE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário