Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

Entreguemos aos pés de Jesus o melhor de nós

Não levemos para Deus nossas sobras e migalhas. Entreguemos aos pés de Jesus sempre o melhor de nós, do nosso coração, da nossa alma e do que temos e somos! “Maria, tomando quase meio litro de perfume de nardo puro e muito caro, ungiu os pés de Jesus e enxugou-os com seus cabelos” (João 12, 3). Amados irmãos e irmãs, nesta semana tão santa, Semana Maior do mistério da Paixão, Morte e Ressurreição gloriosa de Jesus, nós queremos começar aos pés do Mestre. Ele que havia seis dias de Sua Páscoa estava na casa de Marta, de Maria e de Lázaro, seus amigos. Você vai recordar que Maria sempre se colocava aos pés do Mestre para escutá-Lo e, naquele momento, também para ungi-Lo e prestar-Lhe o verdadeiro culto. No entanto, talvez tenha parecido um gesto escandaloso, porque o perfume de nardo, puríssimo e muito caro, usado por Maria, poderia ter sido usado para outra coisa. Contudo, para o Senhor se usa e se dá sempre o melhor: o melhor de nós, do nosso coração, da nossa alma, daquilo que temos e s…

Maria: primeiro sacrário de Jesus na terra

“ Ó Maria, Virgem Imaculada, cristal puro para o meu coração, Tu és minha força, ó âncora firme, Tu és o escudo e a proteção do coração fraco.
Ó Maria, Tu és pura e incomparável, Virgem e Mãe ao mesmo tempo, Tu és bela como o sol, sem mancha alguma.
Nada pode se comparar com a imagem da tua alma.
Tua beleza encantou o olhar do Três Vezes Santo, que desceu do Céu, abandonando o trono da sede eterna, e assumiu o corpo e o sangue do teu coração, por nove meses ocultando-se no coração da Virgem. 
Ó Mãe Virgem, ninguém compreenderá que o Deus incomensurável se torne homem, e apenas por Seu amor e Sua misericórdia insondável, por ti, ó Mãe, nos foi dado viver com Ele pelos séculos. 
Ó Maria, Mãe virgem e Porta do Céu, por Ti nos veio a salvação, e toda graça flui para nós por tuas mãos, e apenas a fiel imitação de ti me santificará.
Ó Maria Virgem, lírio mais belo, teu coração foi o primeiro sacrário de Jesus na terra, e só porque a tua humildade foi a mais profunda, foste levada acima dos coros …

A MORTE FOI VENCIDA

Quando Jesus afirmou que o cumprimento de sua palavra pouparia o ser humano da morte, os judeus interpretaram mal a declaração dele. Tomando a afirmação no sentido da morte física, não conseguiam entender como Jesus podia ser imortal e propiciar imortalidade, se até mesmo o venerável Abraão morrera.
            Na perspectiva do Mestre, a imortalidade ia além do aspecto físico da vida. Tratava-se da participação da vida eterna, em comunhão com o Pai. A imortalidade de Jesus decorria de sua condição de enviado do Pai. Ele possibilitaria a quem cresse ter a mesma participação. Neste sentido, a fé se tornava penhor de imortalidade, neutralizando as conseqüências do pecado.
            Os judeus recusavam-se a aceitar que a imortalidade já estivesse acontecendo na vida de Jesus. Eles partiam da idade cronológica do Mestre e daí deduziam ser impossível alguma relação entre Abraão e Jesus.
            Jesus, então, fez uma afirmação insuportável para os judeus: "Antes que Abraão existisse…

As Dores de Maria - João Bosco e Angela

Devoção a Nossa Senhora das Dores

Foi o Papa Pio X que fixou a data definitiva de 15 de Setembro, conservada no novo calendário litúrgico, que mudou o título da festa, reduzida a simples memória: não mais Sete Dores de Maria, mas menos especificadamente e mais oportunamente: Virgem Maria Dolorosa. Com este título nós honramos a dor de Maria aceita na redenção mediante a cruz. É junto à Cruz que a Mãe de Jesus crucificado torna-se a Mãe do corpo místico nascido da Cruz, isto é, nós somos nascidos, enquanto cristãos, do mútuo amor sacrifical e sofredor de Jesus e Maria. Eis porque hoje se oferece à nossa devota e afetuosa meditação a dor de Maria. Mãe de Deus e nossa. A devoção, que precede a celebração litúrgica, fixou simbolicamente as sete dores da Co-redentora, correspondentes a outros tantos episódios narrados pelo Evangelho: a profecia do velho Simeão, a fuga para o Egito, a perda de Jesus aos doze anos durante a peregrinação à Cidade Santa, o caminho de Jesus para o Gólgata, a crucificação, a Deposição da cruz, a …

Homem das Dores

Há imagens que falam! Sim, as imagens falam, não por meio de palavras, mas comunicam pensamentos, propiciam reflexões, convidam à consideração dos aspectos mais altos de nossa existência. Através das imagens, podemos transcender para aquilo que um olhar superficial não alcança, mas que a observação mais atenta nos faz aprender e voar. Nosso Senhor Jesus Cristo flageladoContemple esta Imagem aqui publicada: Nosso Senhor Jesus Cristo, flagelado. A ela bem se poderia aplicar, por excelência, as palavras do Profeta Isaias: Homem das dores, experimentado nos sofrimentos (Is 53, 3). Homem das dores: sofreu em seu Corpo adorável açoites crudelíssimos, bofetadas e cusparadas, a coroação de espinhos, os pregos na Cruz. Seria possível sofrer mais no corpo do que Jesus sofreu? Experimentado nos sofrimentos: E quantos sofrimentos! Sua Alma adorável, no Horto das Oliveiras, contemplou com pavor a sua Paixão e Morte na Cruz, bem como os pecados e ingratidões da humanidade ao longo dos séculos. Sofrimento…

Pequeno resumo dos pensamentos contidos no Tratado da Verdadeira Devoção

TRATADO DA VERDADEIRA DEVOÇÃO À SANTÍSSIMA VIRGEM (Pequeno resumo de pensamentos do Tratado retirados pela autora do site)
(MONTFORT, S. Luís Maria Grignion, Editora Vozes, 26º edição)
NTRODUÇÃO Foi por intermédio da Santíssima Virgem Maria que Jesus Cristo veio ao mundo, e é também por meio dela que Ele deve reinar no mundo.Toda A sua vida Maria permaneceu oculta, por isso o Espirito Santo e a Igreja a chamam Alma Mater –Mãe escondida e secreta. 
Esposa do Espírito Santo/Esposa fiel do Espírito Santo/Santuário, o repouso da Santíssima Trindade.
Ela deu-O ao mundo a primeira vez, e também, da segunda O fará resplandecer.
Em Maria e por Maria é que o Filho de Deus se fez homem para nossa salvação. Deus Espírito Santo formou Jesus Cristo em Maria, mas só depois de lhe ter pedido consentimento por intermédio de um dos primeiros ministros da corte celestial.
Jesus Cristo deu mais glória a Deus, submetendo-se a Maria durante trinta anos, do que se tivesse convertido toda a terra pela realização do…

Sobre São José

Esposo da Virgem Maria e padrasto de Jesus. Ele figura na infância de Jesus conforme a narrativa de Mateus (1-2) e Lucas (1-2) e é descrito com um homem justo. Mateus descreve os pontos de vista de José e Lucas descreve a infância de Jesus com José. José é descendente da casa real de David. Noivo de Maria ele foi visitado por um anjo que informou a ele que ela estava com um filho e que o filho era do "Sagrado Espirito". Ele tomou Maria e a levou para Belem e estava presente no nascimento de Jesus. Avisado de novo, por um anjo das intenções do Rei Herodes José levou Maria e Jesus para o Egito. Eles só voltaram a Nazaré quando outro anjo, apareceu de novo a José, avisando da morte de Herodes. José devotou sua vida a criar Jesus e estava cuidando da ovelhas e de Maria quando os reis magos chegaram. Defendeu o bom nome de Maria e Jesus Deus o chamava de pai e queria ser conhecido como filho de José. Ele levou Maria e Jesus para visitar o templo e apresentar Jesus a Deus no templo…

Um hino do século VII,

Alegra-te Maria!
"O menino saltou de alegria no meu seio
Com o Menino em seu seio, Maria dirigiu-se às pressas para casa de sua prima Isabel. Ao ouvir a saudação de Maria, logo o menino se regozijou, saltando de alegria como que para cantar à Mãe de Deus: Alegra-te, tu que és botão da flor imortal Alegra-te, tu que és pomar de onde brota o fruto de vida Alegra-te, jardim do Senhor, amigo dos homens (Sb 1,6) Alegra-te, gérmen do crescimento da vida Alegra-te, tu que és campo onde se produz a abundância da redenção Alegra-te, mesa santa da reconciliação para o pecado Alegra-te, tu que nos cultivas um jardim de beleza Alegra-te, tu que preparas, para a nossa alma, um refúgio de paz Alegra-te, que és incenso de oferenda agradável a Deus (Gn 8,21) Alegra-te, pois que em ti o universo inteiro encontra reconciliação Alegra-te, tu que és graça de Deus para todos os homens Alegra-te, advogada nossa junto do Senhor Alegra-te, Esposa não desposada

Ficou o prudente José em extrema perturbação, com a alma sa…

As principais escolhas femininas em cada área da vida

Passamos muito tempo da nossa vida nos identificando com coisas que, na verdade, não revelam quem somos Com quais coisas ou pessoas eu me identifico? O sentido da nossa vida sempre está relacionado a essa pergunta: “Por quais coisas eu seria capaz de dar a vida? Quando conseguimos responder essa pergunta, é porque já sabemos qual é o sentido maior da nossa existência neste mundo. Um sentido que gostaríamos de levar conosco por toda a eternidade. Para isso, a mulher deve trabalhar fortemente na formação de sua vontade, pois esta é a faculdade da alma que lhe será particularmente útil na perseverança do bem e na sua vocação. Portanto, é fundamental que tenhamos os olhos sempre voltados para Deus, pedindo a Ele ajuda para conseguirmos viver a partir de um centro maior e não viver mais na periferia da vida. Com tantos apelos e distrações, neste mundo, é muito fácil que a mulher se perca de sua essência, ocupe-se e preocupe-se com coisas da periferia da vida, com coisas que fazem com ela gaste …