Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2014

Educação dos filhos

Os homens que venceram na vida à custa de seus próprios esforços e de uma luta contínua procuram geralmente torná-la mais fácil para seus filhos, privando-os, assim, da árdua disciplina e da incansável energia que se lhes revelou tão eficaz.Lembra-me sem pré a história do colecionador de borboletas que, aflito, certa ocasião, por ver como lhes era difícil emergir do casulo, abriuo com seus próprios dedos, num gesto de vontade mal refletida, a fim de poupar ao pobre inseto tão grande esforço. A borboleta em questão nunca pôde voar. Toda vez que uma criança vence uma dificuldade, por si própria,as “asas” se lhe tornam mais fortes. Sempre que toma uma decisão e consegue cumpri-la sem hesitações nem desânimo, adquire maior confiança em si própria. Charles F. Ketttering. Santos: Agostinho de Hipona, Viviano, João lll.

A Lei é dom de Deus a seu povo.

“Hipócrita” é palavra utilizada para o ator de teatro que atua numa peça. Através da crítica à hipocrisia dos escribas e fariseus, que dizem mas não fazem, Jesus adverte os seus discípulos de não imitá-los. A Lei é dom de Deus a seu povo. Ela é dada por Deus para proteger a vida e a liberdade, de tal modo que o povo não volte a cair em nenhum tipo de escravidão. Nesse sentido, é inadmissível um modo de praticar a Lei que prescinda da misericórdia e do amor. Paradoxalmente, o que os escribas e fariseus exigem da prática da Lei escraviza, tira a liberdade e a capacidade de discernir. O legalismo, que é apego à letra da Lei, cega e fecha o coração para a necessidade dos semelhantes. Nas controvérsias galileanas de Marcos (2,1–3,6) percebe-se que os adversários de Jesus são dominados pela “esclerocardia”, pela dureza de coração. Para o fiel não pode existir a alternativa de fazer o bem ou fazer o mal, salvar uma vida ou perdê-la. Isso porque, como dissemos, a Lei visa proteger a vida, o q…

EX-BATISTA: POR CONTA DAS MENTIRAS PROTESTANTES, ME TORNEI CATÓLICO

EX-BATISTA: POR CONTA DAS MENTIRAS PROTESTANTES, ME TORNEI CATÓLICO MARIA NÃO ERA AQUILO QUE ME ENSINAVAM!
Me chamo Carlinhos Alma, para minha mãe esta atitude foi uma benção porque meu pai passava noites e noites nas festas e isto lhe preocupava muito. Logo começou a ir com ele para a Igreja Batista para lhe fazer companhia. Desde então nunca mais entrou em uma Igreja Católica. Meus pais não são casados na Igreja e isto impedia que minha mãe participasse da comunhão do corpo de Cristo. Este empecilho já não existia na Igreja Batista e isto confortou seu coração que há muito vivia aflita com aquela situação, não aceita, pela Igreja. Eu, um adolescente, não tive outra opção a não ser acompanhar meus pais; confesso que tive muito medo das gritarias que os crentes faziam numa Igreja Pentecostal nos fundos da minha casa, mas na Igreja Batista, era um silêncio, e lá fui me adaptando. Depois de um certo tempo, fui vendo que eles desfaziam de tudo que tinha aprendido, transformando Maria mãe de…

Beata Dina Belanger

Vida da Beata Dina BelangerIntrodução Após a Encarnação do Filho de Deus, muitas almas generosas buscaram a sublime forma de união com Jesus Cristo que consiste em procurar viver nEle para que Ele viva em nós (cf. Jo 15, 4). São Paulo, o Apóstolo dos Gentios, que convivera durante três anos com Nosso Senhor, levou essa devoção a um grau tão perfeito que pôde afirmar: “Eu vivo, mas já não sou eu, é Cristo que vive em mim” (Gal 2, 20). Já no século XIX, um advogado de Lyon, regressando de Ars, na França, após ter ouvido apenas um sermão de São João Maria Vianney, deu testemunho da união do humilde pároco com Cristo usando expressivas palavras: “Vi Deus num homem!”. E no início do século passado, uma alma de escol, Maria Margarida Dina Adelaide Bélanger – a primeira canadense da cidade de Quebec a ser proclamada bem-aventurada pela Igreja – procurava descrever sua disposição interior dizendo: “Jesus e eu não somos mais dois. Somos um: somente Jesus. Ele faz uso das minhas faculdades, dos me…

Uma mulher no céu foi vista

Uma mulher no céu foi vista (bis) De doze estrelas coroadas, Toda vestida de sol E com a lua calçada
1.Na mais terrível intriga Entre a serpente antiga E esta frágil mulher, Todo poder deste mundo, Portanto um ódio profundo, Parece vitória ter.
2.Os poderosos da terra Vão semeando a guerra; É o batalhão do dragão. Todo de ouro enfeito, Com seu dinheiro roubado, Tenta iludir os cristãos.
3.A mulher é a igreja, Sua força é a fraqueza,  Poder de Deus é assim: Neste mundo desterrada, Sempre a marchar sem parada Pras regiões do sem-fim.
4.Salve, ó Virgem Maria,  Da igreja modelo e guia, Mãe desta grande mestiça! A graça do Cristo, teu Filho, E a força do Santo Espírito Façam reinar a justiça.
Canto de entrada CD: Festas Liturgicas III, faixa 2 - Paulus

Assunção de Nossa Senhora, a Mãe de Deus

Hoje, solenemente, celebramos o fato ocorrido na vida de Maria de Nazaré, proclamado como dogma de fé, ou seja, uma verdade doutrinal, pois tem tudo a ver com o mistério da nossa salvação. Assim definiu pelo Papa Pio XII em 1950 através da Constituição ApostólicaMunificentissimus Deus:“A Imaculada Mãe de Deus, a sempre Virgem Maria, terminado o curso da vida terrestre foi assunta em corpo e alma à glória celestial.” Antes, esta celebração, tanto para a Igreja do Oriente como para o Ocidente, chamava-se “Dormição”, porque foi sonho de amor. Até que se chegou ao de “Assunção de Nossa Senhora ao Céu”, isto significa que o Senhor reconheceu e recompensou com antecipada glorificação todos os méritos da Mãe, principalmente alcançados em meio às aceitações e oferecimentos das dores. Maria contava com 50 anos quando Jesus subiu ao Céu. Tinha sofrido muito: as dúvidas do seu esposo, o abandono e pobreza de Belém, o desterro do Egito, a perda prematura do Filho, a separação no princípio do minist…

MISERICÓRDIA: “PERDOAI-VOS UNS AOS OUTROS”

ByPe. FausonAugust 14, 2014 FAZER A VIDA AMÁVEL 5. MISERICÓRDIA: “PERDOAI-VOS UNS AOS OUTROS” Uma balança mal equilibrada Um bom amigo me dizia: “Adquiri o hábito de rezar todas as noites o comecinho do Salmo 51, e me faz muito bem:  Ó, Deus, tem piedade de mim, conforme a tua misericórdia; no teu grande amor, apaga o meu pecado. Lava-me de toda a minha culpa, e purifica-me do meu pecado”. Senti vontade de imitá-lo, e não me estranharia que você a sentisse também. É tão comovente a misericórdia de Deus! Basta lembrar a parábola do filho pródigo, esse retrato de Deus que, ao menor aceno de arrependimento, corre ao nosso encontro, abraça-nos e nos cobre de beijos, organiza uma festa e nos concede o lugar de honra em sua casa. (Cf. Lc15, 20-24). Deus é assim. Na sua Encíclica sobre a misericórdia, São João Paulo II dizia: «A misericórdia, como perfeição de Deus infinito, é também infinita. Infinita, portanto, e inexaurível é a prontidão do Pai em acolher os filhos pródigos que voltam à sua casa…

Programação do CONSAGRA-TE

Programação: Local: Salão da Paróquia do Mártir São Sebastião Endereço: Praça Major Domingos de Carvalho, 46 – Centro – Varginha (MG) Horário das aulas: ØSábados: das 13h30 às 17h ØDomingos: das 7h40 às 11h30 ATENÇÃO: quando as aulas forem aos domingos, iniciaremos a formação com a Santa Missa às 6h30.        Para os que não puderem participar da missa, favor estar no local às 7h40. Avisos importantes: Considerando nosso corpo Templo do Espírito Santo, pedimos o uso de trajes modestos e dignos.ØPara os homens não é permitido o uso de bermudas, shorts e camisetas regatas. ØPara as mulheres não é permitido o uso de blusas decotadas, transparentes e de alcinhas; vestidos curtos, decotados e justos; calças justas e principalmente: as calças leggings; assim como saias e shorts curtos. Levar Bíblia, terço de Nossa Senhora, caderno e caneta para anotações.No local será oferecido café e lanche.Pedimos uma contribuição mensal de R$7,00 para pagar as despesas com o evento.Para pa…