Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Oração a Maria

Oração a Maria “Mulher, eis aí o teu Filho. Filho, eis aí a tua Mãe” (Jo 19,26) Estás na cruz. Estás nu, sem nada. Porém segues cuidando dos teus. Tu és, totalmente, uma dor, uma ferida imensa, mas ficas comovido com o pranto da tua Mãe, e te dói ver teu amigo na intempérie, sem que ninguém cuide de sua pequenez ameaçada. No berço e na cruz, sempre tua Mãe, aberta à dor e ao amor, aberta a Ti. Inclinas teus olhos e abres espaços de confiança. Olhas e percebes em tua Mãe a dor de quem ama. Olhas para ela uma e outra vez. Quantas vezes tens olhado para ela! Teu olhar, agora, se encontra com o dela. Olhas também para “quem tanto amas”,para todos os amigos do caminho. Desejas que Maria siga cantando suas canções, aquelas que Te ensinou quando crescias. Quando nos vês pobres como somos, podes dizer a Maria: “Mulher, eis aí os teus filhos”.Quando nos vês pobres como somos, podes nos dizer:”Eis aí a vossa Mãe”.Obrigado, Senhor, pelo presente de tua Mãe. Obrigado, Senhor, pelo presente de …

O silêncio de Maria

A Santíssima Virgem Maria avançou no caminho da fé, e conservou fielmente a união com seu filho até a cruz, junto da qual, por desígnio de Deus, se manteve de pé (LG 58). A virtude de Maria que é mais explicitada nas Escrituras é o silêncio. Às demais, o leitor e o pesquisador são levados a intuir, a concluir. Sobre o silêncio não. Em mais de uma oportunidade o hagiógrafo afirma claramente ...Maria guardava fielmente essas coisas no silêncio de seu coração (cf. Lc 2, 19. 51) Esse silêncio é outro exemplo que conseguimos colher, através da imagem da porta que teria ficado aberta. Maria nunca perguntou mais que o necessário; jamais tentou negociar, ou sair pela tangente. Mesmo sem conhecer o magnífico projeto, do qual fazia parte, sempre confiou, sempre se entregou e se deixou levar por sua fé e sua exemplar disponibilidade. A doação de Maria foi benéfica à encarnação. É de São Metódio († 884), o apóstolo dos eslavos um texto que aborda o rico conteúdo da participação de Maria no misté…

Tudo se desmancha no ar

"As nuvens mudam sempre de posição, mas são sempre nuvens no céu. Assim devemos ser todo dia, mutantes, porém, leais com o que pensamos e sonhamos; lembre-se, tudo se desmancha no ar, menos os pensamentos." (Paulo Baleki)

Vencendo a si mesmo

"Jesus nos ensina que a PAZ é fruto de vitórias. Não de vitórias sobre os inimigos, mas sobre si mesmo. Obtêm-se quando a pessoa se regenera a si mesma, vencendo a própria soberba, a própria violência e a ira." (Raniero Catalemessa)

Santa Catarina de Alexandria

Neste dia lembramos a vida desta santa que é inspiradora e protetora de um Estado brasileiro: Santa Catarina. Nascida em Alexandria, recebeu uma ótima formação cristã. É uma das mais célebres mártires dos primeiros séculos, um dos Santos Auxiliadores. O pai, diz a lenda, era Costes, rei de Alexandria. Ela própria era, aos 17 anos, a mais bonita e a mais sábia das jovens de todo o império; esta sabedoria levou-a a ser muitas vezes invocada pelos estudantes. Anunciou que desejava casar-se, contanto que fosse com um príncipe tão belo e tão sábio como ela. Esta segunda condição embargou que se apresentasse qualquer pretendente. "Será a Virgem Maria que te procurará o noivo sonhado", disse-lhe o ermitão Ananias, que tinha revelações. Maria aparece, de fato, a Catarina na noite seguinte, trazendo o Menino Jesus pela mão. "Gostas tu d'Ele?", perguntou Maria. -"Oh, sim". -"E tu, Jesus, gostas dela?" -"Não gosto, é muito feia". Catarina…

Mais uma resposta católica à um equívoco grave dos protestantes contra a Mãe do Salvador, Nossa Senhora!

Maria pecou, porque Romanos 3:23 diz:  ”Todos pecaram e carecem da glória de Deus. ” Primeira carta de  João 1:8 acrescenta: “Se alguém diz que não tem pecado é mentiroso e a verdade não está nele”. Estes textos não poderiam ser mais clarospara milhões de protestantes, será que os Católicos não percebem isso? Como alguém poderia acreditar que Maria estava livre de todo pecado à luz dessas passagens da Escritura, ainda mais quando a própria Maria disse: “A minha alma se alegra em Deus, meu Salvador em Lucas 1:47 . Maria compreendia claramente ser uma pecadora e admite precisar de um salvador!! A resposta católicaMuitos protestantes ficariam surpresos ao descobrirem que a Igreja Católica, na verdade, concorda que Maria foi “salva”. De fato, Maria precisava de um salvador! No entanto, Maria foi “salva” do pecado de uma forma mais sublime. Ela foi dada a graça de ser “salva” completamente do pecado , para que ela nunca cometeu a menor transgressão. Os protestantes tendem a enfatizar a “salv…

Oração a Santa Cecília

Ó Santa Cecília, dai-me fé e esperança e a caridade, expulsando, o ódio e a opressão com vosso amor e caridade;  que a caridade nos faça vencer os ódios e os rancores. Inundai nosso coração de amor a Deus e aos irmãos. Santa Cecília, através de vosso auxílio e exemplo, queremos que nossa vida seja um testemunho claro de fé, da esperança e do amor aos seres humanos e ao mundo. Amém.
                Padre Antônio Luiz Martins        

Da utilidade das adversidades

1. Bom é passarmos algumas vezes por afl ições e contrariedades, porquefreqüentemente fazem o homem refl etir, lembrando-lhe que vive no desterroe, portanto, não deve pôr sua esperança em coisas alguma do mundo.Bom é encontrarmos às vezes contradições, e que de nós façam conceito mauou pouco favorável, ainda quando nossas obras e intenções sejam boas.Isto ordinariamente nos conduz à humildade e nos preserva da vanglória.Porque, então, mais depressa recorremos ao testemunho interior de Deus,quando de fora somos vilipendiados e desacreditados pelos homens.2. Por isso, devia o homem rmar-se de tal modo em Deus, que lhe nãofosse mais necessário mendigar consolações às criaturas. Assim que ohomem de boa vontade está atribulado ou tentado, ou molestado pormaus pensamentos, sente logo melhor a necessidade que tem de Deus, semo qual não pode fazer bem algum. Então se entristece, geme e chora pelasmisérias que padece. Então causa-lhe tédio viver mais tempo, e desejaque venha a morte livrá-lo …

Ao Sagrado Coração de Jesus

Para ser rezado na festa do Coração de Jesus e nas primeiras         sextas-feiras

Dulcíssimo Jesus, cuja infinita caridade para com os homens é deles tão ingratamente correspondida com esquecimentos, friezas e desprezos, eis-nos aqui prostrados, diante do vosso altar, para vos desagravarmos, com especiais homenagens, da insensibilidade tão insensata e das nefandas injúrias com que é de toda parte alvejado o vosso dulcíssimo Coração. Reconhecendo, porém, com a mais profunda dor, que também nós, mais de uma vez, cometemos as mesmas indignidades, para nós, em primeiro lugar, imploramos a vossa misericórdia, prontos a expiar não só as próprias culpas, senão também as daqueles que, errando longe do caminho da salvação, ou se obstinam na sua infidelidade, não vos querendo como pastor e guia, ou, conculcando as promessas do batismo, sacudiram o suavíssimo jugo da vossa santa Lei. De todos estes tão deploráveis crimes, Senhor, queremos nós hoje desagravar-vos, mas particularmente das licenças d…

Resolvendo impasses

Viver e conviver é sempre um desafio. Ao longo da história de um casal há conflitos. Será sinal de sabedoria que marido e mulher se empenhem na solução dos impasses. Nos momentos de escuridão, em que não se vê as sendas e serem trilhadas, mais do que nunca será preciso acreditar na força do amor. Há essas manifestações de indiferença. Há posturas de orgulho e de soberba de um ou de outro. Há preocupações exageradas com trabalho e na busca sempre de mais dinheiro. Há, quem sabe, um momento louco e impensado de infidelidade. Mas por detrás de tantas coisas há amor, há duas vidas que se entrelaçam para unidas poderem rasgar o tempo da vida. E nesses momentos de conflitos será preciso buscar e imaginar soluções. Os que se unem na base de um sólido e verdadeiro amor buscam soluções. 
Frei Almir Ribeiro Guimares, OFM

Proteção de Maria sobre o Pontificado de Leão XIII

Veneráveis Irmãos,
Saúde e Bênção Apostólica.
Proteção de Maria sobre o Pontificado de Leão XIII 1. Quando refletimos sobre o longo período de tempo que, por vontade de Deus, temos passado na suprema dignidade do Pontificado, não podemos deixar de reconhecer havermos experimentado de modo o mais tangível a singular assistência da Providência Divina. Na verdade, pensamos deva isto principalmente atribuir-se às orações unânimes, e, por isto mesmo, eficacíssimas, que agora toda a Igreja incessantemente eleva a Deus por Nós, como outrora por Pedro. Por isto, antes de tudo agradecemos do mais profundo do coração ao Senhor, dispensados de todos os bens. E, enquanto tivermos vida, a Nossa alma conservará uma fiel recordação de cada singular benefício d'Ele recebido. Mas logo depois o Nosso pensamento suavemente se volve para a maternal proteção da augusta Rainha do Céu; e esta piedosa lembrança viverá indelével no Nosso coração, para nos mover a magnificar os benefícios de Maria e a nutrir…

Quando se perde alguém

Deus nosso Pai. Estamos aqui reunidos pra nos despedir de uma pessoa que amamos muito. Alguém que tem um lugar especial em nossos corações e em nossas vidas. Agradecemos pelas vezes que nos deste para estarmos juntos, quando partilhamos o precioso dom da vida. Pedimos perdão por tudo o que fizemos que nos feriu e separou porque fomos egoístas. Ajudai-nos, Senhor a viver em paz com as imperfeições de nossa convivência humana. Sabemos que nos aceitas como somos. Confortai-nos pelas memórias que nosso ente querido deixa conosco. Que estas lembranças possam dar-nos coragem em nossa jornada para o amanhã. Dai a esta pessoa tão querida paz em vosso Reino, onde não haverá mais sofrimento e nem dor, mas felicidade sem fim. Amém!

Padre Arnaldo Pangrazzi, Camiliano